Aqui, reunimos em uma lista alguns dos termos e verbetes mais utilizados dentro da escrita de roteiros. Você verá muitos deles nos roteiros que coletamos, nos livros sobre roteiro e em nossos textos e artigos. 

A-B  | C- D |  E-G |  H-L  | M-O | P-Q | R-S | T- Z

T

 

TAGLINE

Frase do pôster, uma síntese da história ou do clima em uma frase, de forma vendável.

 

TEASER

Sequência inicial de um episódio que tenha a função de provocar e prender o espectador para o decorrer da história/Peça publicitária, normalmente de curta duração, que serve para instigar a curiosidade do espectador.

 

TEMPO DRAMÁTICO

Tempo percebido pelo espectador, qualidade da obra cinematográfica de contrair ou expandir o tempo criando uma nova noção temporal. A noção de tempo dramático está presente em cada partícula, cada fragmento da estrutura e, consequentemente, também no produto final. Por conseguinte, podemos dizer que existe um tempo dramático total e um tempo dramático parcial, que é aquele que acontece dentro de cada cena. (COMPARATO)

 

TEMPORALIDADE

Tempo em que passa a narrativa, tempo interno da história.

 

TOTALIDADE

Princípio básico da unidade.

 

TEMA

É o ponto de partida da narrativa. Sobre o que aborda, ideia central da estória. Normalmente citando seu Ethos. “Pode-se definir tema como o ponto de vista do escritor em relação ao material” (HOWARD, MABLEY).


TENSÃO PRINCIPAL

Clímax de cada ato ou sequencia

 

TRANSIÇÃO

Indicação do roteiro que remete à necessidade de um corte sutil entre uma cena e outra/Cena cujo objetivo é levar sentimentos, personagens ou a história de um ponto a outro.

 

TRATAMENTO

Cada versão de escrita ou reescrita de um roteiro.

 

TRAGÉDIA

Forma de drama que se caracteriza pela sua seriedade, dignidade e frequentemente os deuses, o destino ou a sociedade. resulta numa catarse da audiência e isto explicaria o motivo dos humanos apreciarem assistir ao sofrimento dramatizado. 

 

TWIST

Vide ponto de virada

 

TRANSMÍDIA

Estratégia mercadológica que visa aumentar a abrangência de público e consumidores tanto alterando a plataforma de transmissão de um audiovisual, como se utilizando da narrativa central, personagens ou objetos, para criar diferentes produtos midiáticos.

 

V

VALOR

“...qualidades universais da experiência humana que pode mudar do positivo para o negativo, ou do negativo ao positivo, a cada momento.” (MCKEE)

 

VOICE OVER

Estilo de narração ou diálogo que se sobrepões a imagem, de forma não diegética, não alterando o conteúdo narrativo da cena, mas sim o dramático. 

 

A-B  | C- D |  E-G |  H-L  | M-O | P-Q | R-S | T- Z

logoemail.png